Portuguese English Spanish

Ibrappianos participam da abertura do Projeto Superação

O 23 de Novembro é marcado pelo Dia Nacional do Combate ao Câncer Infantil. Nesta data o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realiza anualmente o Projeto Superação, que consiste no apoio às entidades beneficentes que acolhem pacientes em tratamento e seus familiares. Nesta quarta-feira (22), véspera da mobilização nacional, o Instituto realizou a apresentação do Superação para seus colaboradores. A iniciativa será realizada nas cidades de São Luís (MA), Palmas (TO), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Frutal (MG), João Pessoa (PB), Porto Velho (RO).



Durante a palestra de abertura, a gestora da ação, a controller Lívia Pires, ressaltou a importância da realização e do engajamento dos Ibrappianos no Projeto superação. Todos foram estimulados a participar de forma voluntária com na realização de atividades lúdicas, entrega de donativos e visita aos pacientes acolhidos pelas fundações atendidas, do evento.

 

Instituições Beneficiadas em 2017

Fundação Antônio Brunno e Fundação Antônio Dino - MA
Casa do Menino Jesus - DF;
Centro de Apoio a Portadores de Câncer - MG;
AVCC - Associação Voluntária de Combate ao Câncer - Frutal/MG;
Casa da Criança com Câncer - PB;
Casa de Apoio Vera Lúcia – TO;
Hospital Regional de Cacoal (HRC) – Cacoal/RO.



Sobre o câncer infantil - Dados do Inca, mostram que a mortalidade por câncer entre crianças e adolescentes no Brasil está estável, sendo, atualmente, a primeira causa de morte por doença na faixa etária de 1 a 19 anos. Os tipos de cânceres infanto-juvenis mais comuns são as leucemias, seguidos dos linfomas (gânglios linfáticos) e dos tumores do sistema nervoso central (conhecidos como cerebrais). O número de óbitos por câncer nessa faixa etária é menor apenas do que o de causas externas, como os acidentes e violência. No Brasil, o câncer infantojuvenil responde por 3% de todos os tipos de câncer.


Sintomas - Entre os sintomas de câncer em crianças estão: palidez, hematomas, sangramento, dor óssea, perda de peso inexplicada, caroços ou inchaços, alterações oculares, inchaço abdominal, dores de cabeça persistente, vômitos e dor em membro, inchaço sem trauma.


Cine literário aborda resgate da literatura no cotidiano

A fim de incentivar a cultura através da leitura e do cinema, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP, em parceria com a empresa de tecnologia Documentall, realizaram no último sábado (28) o Cine Literário. O evento contou com a participação da Mestra em Literatura, a professora Natália Serpa, com a palestra “Fronteiras Literária: por uma leitura entre cinema e a literatura”. A palestrante abordou a arte e a cultura através das obras de grandes nomes como Guimarães Rosa e Pablo Picasso. Durante a apresentação também foi exibido o filme “Elis” sobre a vida e obra da cantora Elis Regina. O Cine Literário faz parte dos treinamentos contínuos do IBRAPP para o desenvolvimento de seus colaboradores.


A professora Natália Serpa transcorreu sobre diversos tipos de arte e fez explicações sobre a ligação da literatura e com o Cinema. Ao longo da apresentação o incentivo a leitura de obras, artigos e materiais que não sejam apenas ligados à área de atuação esteve presente. O objetivo do Cine literário foi de estimular os colaboradores a apreciarem a cultura, para que tenham prazer com a leitura e consumam obras literárias não apenas como uma obrigação, mas sim como um elemento enriquecedor e de lazer.


Para a organizadora do evento, Andrea Salgado, a aceitação do tema foi uma grata surpresa. “Eu esperava um pouco mais de resistência por não se tratar de um tema habitual, mas todos se demonstraram satisfeitos em receber e interagir com este tipo de conteúdo”, enfatiza Andrea. Ela explica ainda que durante a palestra alguns colaboradores manifestaram um grande interesse em retornar a leitura de obras que não são apenas voltadas ao trabalho que desempenham diariamente.



A Documentall é uma instituição parceira do IBRAPP e possui sua trajetória marcada pela excelência em seu trabalho nas prestações de serviços, com destaque na Tecnologia da Informação e na Educação à distância. Assim, tem como objetivo inovar continuamente, superando as expectativas dos seus clientes.

 

Encerramento da Semana da Controladoria e Qualidade

Um momento de descontração e exercício de fixação de conhecimentos marcou o encerramento da Semana da Controladoria e Qualidade realizada na última sexta-feira (20). Ao longo de cinco dias uma programação rica entre palestras, entrevistas, dinâmicas (quiz) e Talk Shows trouxe temas relacionados à produtividade, padronização e consumo consciente de recursos.


Durante o último dia de evento os Ibrappianos conheceram o mascote da Qualidade, inspirado em um cachorro da raça japonesa Akita. Na ocasião o setor de comunicação explicou a inspiração para a escolha do símbolo dos 8s, práticas organizacionais adaptada dos 5s. “A gente escolheu esta raça justamente por que o 5s vem de origem japonesa, além de ser uma as raças mais féis entre a espécie”, esclareceu o assistente de criação, Heide Braz. “A ideia de fidelidade descrita cabe na questão do comprometimento de cada profissional com a sua profissão e para com o IBRAPP”, ressalta a controller do Instituto, Lívia Pires.

 

Após a apresentação, um jogo de perguntas e respostas, no formato de quiz deu o tom da fixação sobre os conhecimentos abordados ao longo da semana em que os escritórios ficaram empolgados em participar pergunta a pergunta. A ação contou com a interação de todos os colaboradores presentes na sede e nos escritórios e foi gratificante para o Instituto, pois houve a percepção da motivação e do desejo de todos participarem da semana de forma integral. Para os idealizadores da ação a Controller, Lívia Pires, o Analista de qualidade, Thiago Ribeiro, e o assistente de Controladoria, Guilherme Walter, a ação foi um sucesso e vai contribuir para as atividades diárias dos colaboradores do IBRAPP.  De acordo com os organizadores a semana foi bastante produtiva, visto que todos os dias durante a semana, os funcionários estavam presentes e participaram ativamente.

 

Lívia ressalta que foram trazidos temas de interesse de todos e de vivência do IBRAPP. Ela destaca um dos momentos mais proveitosos da ação “Acredito que um dos pontos positivos foi a apresentação da Controladoria, suas funções e esclarecer que esta não tem caráter punitivo, porém relata que o acompanhamento, o controle e a cobrança tem que ser feita pois é imprescindível para que os processos sejam cumpridos rigorosamente, a fim de que o IBRAPP alcance a Excelência e seja um diferencial no mercado”, pontua a Controller.


Já Thiago destaca a importância do setor em que atua para a modernização das práticas do Instituto. “A alta direção do IBRAPP percebeu que, quando implantado com seriedade e eficácia, os programas de gestão trazem ótimos resultados para o negócio. Por isso a necessidade de criar o Setor de Qualidade no IBRAPP”, destaca o analista. Ele ressalta ainda que o IBRAPP é uma organização de processos, que devem ser monitorados de perto pelo Setor de Controladoria e Qualidade e fala sobre os benefícios deste modelo de gestão. “O resultado esperado para o setor, em curto prazo é a adequação mercadológica, o IBRAPP mais competitivo e produtivo, redução de custos e desperdícios”, finaliza Ribeiro.

 

Ao final da Semana da Controladoria e Qualidade foram demonstrados que à medida que as necessidades de processos e de serviços surgem, o Instituto poderá produzir mais e melhor utilizando os indicadores da Qualidade. E que, a Controladoria está sempre de portas abertas para quaisquer situações, a fim de auxiliar no que for preciso para que não incorram falhas.

 

 

 

Dia dos Escritórios traz reflexões sobre produtividade e motivação

Na manhã deste sábado (21) o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP realizou uma capacitação diferente para abordar produtividade, trabalho em equipe e metas de vida. A coach Venísia Ferreira ministrou a palestra “Você é produtivo ou ocupado?”, com uma série de dinâmicas e reflexões motivacionais. A iniciativa faz parte da Semana dos Escritórios, gerenciada pelo setor de comunicação do Instituto como forma de motivar e escutar de forma mais próxima os colaboradores que representam o IBRAPP fora de sua sede.


O início da palestra começou com uma dinâmica de Grupo para despertar a motivação de engajamento na atividade, onde os colaboradores foram incentivados a se alongar e apoiar nos colegas, para enfatizar o trabalho em grupo. Em seguida a Coach Venísia Ferreira abordou a ressignificação das tarefas, que consiste em transformar situações monótonas em momentos mais agradáveis e produtivos. “Ressignificar as tarefas é dar um novo conceito para tornar determinada tarefa importante novamente, ajuda o seu cérebro a ser mais criativo e te ajuda a ter mais opções”, esclarece a Coach.

A semana dos Escritórios seguirá até a sexta-feira (27), com uma ouvidoria aberta, uma linha direta entre os Ibrappianos e a presidência do Instituto. A intenção é compartilhar as dificuldades enfrentadas pelos escritórios e agregar soluções para melhorias da rotina laboral. Para o gerente e gestor da ação, Paulo Roberto, a iniciativa reflete a preocupação constante da administração do IBRAPP para o bem estar dos colaboradores. “A nossa busca é para que todos os escritórios fiquem com o mesmo padrão que temos na nossa sede”, enfatiza Paulo. Ele acrescenta ainda que os escritórios sempre precisam de apoio e melhorias, para a qualidade de vida de todos.


Para o advogado, Paulo Gaspar, que atua no setor jurídico do Instituto, a palestra da coach trouxe reflexões que vão além do âmbito profissional e levam o colaborador a repensar as atitudes também no lado pessoal. “O momento foi muito proveitoso com as dicas, não só para o colaborador ser mais produtivo, quanto para que possamos ser pessoas melhores na nossa família e em nosso dia a dia”, justifica Gaspar. Ao final da palestra a Coach Venísia Ferreira, que é criadora e facilitadora do Programa Morfossíntese (desenvolvimento pessoal e profissional), que visa proporcionar mudanças conscientes para uma vida melhor, deixou dicas valiosas para serem aplicadas no dia a dia. 

São sete hábitos para serem repetidos diariamente para manter o bem estar e o foco nos objetivos:

1) Pratique atividade física;
2) Alimente-se de forma saudáveis;
3) Seja grato;
4) Mantenha o equilíbrio;
5) Tenha um diário de bordo (avalie o que ocorreu no seu dia);
6) Medite e reflita;
7) Faça doações sempre que possível.

 

IBRAPP debate gestão e processos em uma semana de palestras

Um momento para falar sobre gestão, qualidade de serviços, normas e consumo consciente. Estes serão os principais temas abordados na “Semana da Controladoria e qualidade”, realizada em todos os escritórios do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP, e no Hospital Frei (HFG), entidade gerida pelo Instituto. O evento teve início nesta segunda-feira (16) e vai até sexta-feira (20).

A abertura do evento na sede, em São luís – MA, foi transmitida para todos os escritórios onde o IBRAPP possui representatividade e se deu no formato de um talk show chamado: Café com Qualidade. Com um formato de entrevistas mais descontraídas e um café da amanhã para recepcionar os colaboradores, o analista de qualidade, Thiago Ribeiro, e a controller, Lívia Pires, deram início as atividades. Em sua fala inicial o analista versou sobre como a qualidade está ligada ao desempenho das tarefas no ambiente corporativo. “Trabalhar com qualidade é cumprir e desenvolver as atividades no seu setor conforme elas são designadas e observar melhorias a serem realizadas”, enfatiza Thiago.

 

Já para controller é fundamental se colocar no lugar de quem consome o serviço prestado para saber se as atividades desempenhadas estão satisfatórias. “Qualidade é fazer aquilo da maneira que você gostaria que fosse feito para você”, explica Lívia, ao exemplificar gestão e qualidade de serviço.


Além das questões relativas aos manuais de processos e o job rotation adotado no IBRAPP, a Semana da Controladoria e Qualidade abordou o consumo consciente dos recursos disponibilizados no ambiente de trabalho. Evitar o desperdício, utilizar somente o necessário para determinada atividade e desligar o ar condicionado meia hora antes da saída do escritório foram alguns dos exemplos fornecidos durante o “Café com Qualidade”.


Para o analista administrativo, Jardel Coutinho, que atua no escritório de Belo Horizonte, a palestra foi esclarecedora agregadora. “Os assuntos de Job rotation e outros planos de ação, nos trazem boas expectativas de mudanças, interação mais profunda com os projetos e tendo visões de outros ângulos (Diferentes setores) é algo que vem acrescentar no dia-a-dia do escritório de BH”, pontuou Jardel.

 

 

Já em Frutal, no HFG, a palestra teve como convidada a médica Drª Cristina Barata, que abordou o tema: Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) X Qualidade. A médica esclareceu sobre a criação do NSP que vai ajudar a gerenciar as seis metas propostas desde 2013 pelo Ministério da Saúde que são: identificação do paciente, comunicação, cirurgia segura, índices de higienização da mão com repercussão com infecção, o uso e administração corretos de medicamentos e os índices de queda e úlceras de pressão.

 


Confira toda a programação do evento:

 

Sou saúde, sou IBRAPP

Ansiedade, depressão e falta de produtividade por sobrecarga de trabalho, estes foram alguns dos temas abordados pelo Psicólogo, Othon Júnior, em uma palestra voltada para os Ibrappianos nos escritórios de Brasília, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Tocantins e Rondônia. A iniciativa, realizada neste sábado (7), faz parte do projeto “Sou saúde, sou IBRAPP” realizado pelo setor de Recursos Humanos do instituto.


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), até 2020 a depressão será a doença mais incapacitante do mundo, hoje no Brasil ela já está em terceiro lugar. Durante a palestra, Othon Júnior explica que apenas 5% dos trabalhadores retornam as atividades ocupacionais após um quadro depressivo. “Os principais sintomas da depressão são: vazio, desesperança, perda de interesse nas atividades, insônia, fadiga ou mesmo agitação. É preciso ter empatia para ajudar a pessoa com o quadro depressivo”. Enfatiza o psicólogo.

 


Ainda segundo o psicólogo, outro fator debilitante, que causa problemas ocupacionais e diminui a produtividade do trabalhador é a ansiedade. “A pessoa fica tão ligada ao futuro, que não consegue viver o presente”. Explica Othon. Dentre os fatores que podem desencadear a ansiedade no ambiente corporativo estão o excesso de tarefas, as metas inatingíveis, a falta de reconhecimento e os prazos curtos para a execução das atividades.


De acordo com a presidente do IBRAPP, Rita Salgado, é possível perceber que o colaborador passa por alguma dificuldade no contato diário, mas que algumas pessoas não deixam transparecer algum problema ou angústia, daí a importância da intervenção de ferramentas corporativas especializadas. “A empresa precisa criar ações como as famosas pesquisas de clima organizacional, através delas nós podemos detectar e realizar ações estratégicas voltadas para os nossos profissionais”. Ressalta a presidente.

 


Faz parte da natureza do IBRAPP zelar pela qualidade de vida de seus colaboradores e realizar treinamentos constantes para manter a excelência nas atividades desempenhadas. Ao longo do ano outras atividades com foco na saúde são realizadas como IBRAPP + Saúde, Outubro Rosa e Novembro Azul. Pesquisas de clima organizacional e ações voltadas para o capital humano também são realizadas periodicamente pelo Instituto.

Pagina 1 de 6
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net