Portuguese English Spanish

Para minimizar a distância entre colaborador e uma empresa existe a Ouvidoria, que funciona como um canal de participação ativa do cidadão dentro das organizações. O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP investe nesse recurso para uma melhor comunicação interna, sendo certificado pela Associação Brasileira de Ouvidores – ABO. O Instituto também opera como desenvolvedor e consultor na área para órgãos públicos e parceiros. O Ouvibrapp pode ser acessado facilmente através do site do Instituto.


O foco de um sistema de ouvidoria é a resolução de conflitos ou situações pontuais que envolvam os trabalhadores e a empresa em questão. O Instituto realiza esse serviço internamente através do Ouvibrapp, que tem a função de receber críticas, sugestões, elogios, denúncias ou reclamações. A ouvidoria do IBRAPP funciona como um canal eficiente seja para clientes, colaboradores ou público externo. “Através do acesso ao nosso site é possível fazer uma sugestão, ou queixa, de forma sigilosa caso a pessoa em questão não queira se identificar”, explica o coordenador administrativo, Henrique Torricelli, ouvidor do IBRAPP.


As informações recebidas pelo Ouvibrapp são tratadas com rigor, imparcialidade e total atenção. O foco do Instituto está em resolver os conflitos entre os colaboradores e a empresa da melhor forma possível. Para acessar basta utilizar o link http://ibrapp.com.br/ouvidoria. As interações podem ser feitas de forma anônima, ou aberta, com a identificação manifestante. O IBRAPP acredita em manter um diálogo com seus colaboradores, onde seus desejos e opiniões sejam levados em consideração para a melhoria contínua das atividades que desempenham. É fundamental manter este elo para um maior comprometimento e satisfação dos Ibrappianos.

Publicado em Aconteceu no IBRAPP

Com o intuito de promover um momento de bem estar e lazer para os seus colaboradores, O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP promove anualmente um passeio cultural em todos os estados em que atua e no Distrito Federal. No último sábado (26), os Ibrappianos puderam desfrutar de uma manhã repleta de integração e conhecimento sobre as cidades onde atuam.


Em são Luís, os colaboradores participaram de um passeio Náutico  pela orla local. A bordo de um Catamarã, sob as águas dos rios Bacanga e Anil, todos tiveram oportunidade de contemplar as belezas naturais da capital do Maranhão.


Em Brasília, Distrito Federal, o local escolhido foi o Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, que fica nas proximidades do Lago Paranoá, um dos cartões postais da cidade. No centro cultural estavam disponíveis algumas exposições e obras de artistas como: Van Gogh, Gauguin, Renoir, Picasso, Anita Malfatti, Candido Portinari, Vicente do Rego Monteiro e Burle Marx.



Na cidade mineira de Frutal, os Ibrappianos puderam conhecer mais sobre a cultura local através da visitação a praça da Matriz, onde fica situada a igreja Nossa Senhora do Carmo. A Primeira igreja Matriz de Frutal teve início no ano de 1854, foi concluída por volta dos anos de 1871 e 1872.


Já em Belo Horizonte (MG), os colaboradores visitaram a Casa Fiat de Cultura. O local abriga grandes exposições de arte e está instalado no Palácio dos Despachos, edifício que integra o conjunto arquitetônico e histórico do Palácio da Liberdade e o Circuito Liberdade, importante corredor cultural do país.


Na capital paraibana, os colaboradores do Escritório de João Pessoa tiveram a oportunidade de visitar o Espaço Cultural José Lins do Rego. Na ocasião conheceram o museu do escritor que dá nome ao local, além de exposições de artistas locais e galeria de fotos antigas da cidade. No Espaço cultural também funciona um planetário e um anfiteatro que sedia shows e eventos.


Um dos cartões postais e símbolo da cidade de Rondônia foi escolhido para o momento de lazer e descontração. A visita ocorreu no monumento das três caixas d´águas, ou Três Marias, como são conhecidas pela população. As armações de ferro, vindas dos Estados Unidos durante a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, estão estampadas na bandeira do município e são um memorial histórico do surgimento da Capital de Porto Velho.


Em Palmas (TO) o local escolhido foi a extensa área verde do Parque Cesamar, que foi inaugurado em março de 1998 e seu nome homenageia o advogado geral de Prefeitura de Palmas, falecido em 1996, Cesamar Lázaro da Silva. O espaço é  um dos locais mais visitados pela população palmense para a prática de esportes e atividades de lazer ao ar livre.


Os passeios idealizados pelo RH do Instituto visam proporcionar a interatividade entre os colaboradores, além de oferecer um dia de lazer contribuindo para o bem estar físico e mental dos Ibrappianos da sede e dos escritórios do IBRAPP.

Publicado em Aconteceu no IBRAPP
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net