Portuguese English Spanish

Segunda, 02 Outubro 2017 09:27

IBRAPP apoia a campanha Outubro Rosa

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. De acordo com a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) em 2016 e 2017 mais de 58 mil em mulheres serão acometidas pela doença. A fim de chamar atenção para este tema, é realizado internacionalmente o Outubro Rosa, que visa conscientizar a respeito da prevenção e tratamento da doença. O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP adere anualmente a esta campanha e realiza ações nas instituições em que exerce atividades.

O câncer é a segunda maior causa de morte no mundo. No Brasil, depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama responde a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. O IBRAPP se junta à luta contra este problema no mês símbolo de combate a doença, para conscientizar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce. Durante o mês de outubro, em três dias da semana, dentro na sede do Instituto e nos órgãos onde o IBRAPP atua, os colaboradores usarão uma camisa personalizada na cor rosa. Eles atuarão como agentes multiplicadores desta campanha para toda a sociedade, a fim de encorajar todos a realizar o autoexame.

Para a gestora hospitalar, Fábio Daniel, esta ação demonstra a preocupação do IBRAPP com as causas sociais e com a integridade de seus parceiros. “não somos apenas um Instituto que presta serviços, nos preocupamos com a saúde dos colaboradores de forma direta e indireta, e consequentemente com  a qualidade  vida  deles”, ressalta Fábio. Neste segundo ano do IBRAPP no Outubro Rosa, mas uma vez as ações se concentram no Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Rondônia e Tocantins.

Publicado em Notícias
Sexta, 25 Agosto 2017 11:43

Edição 10 - 2017

Publicado em Nossos Informativos

No mês de julho, a Procuradoria Especial da Mulher realizou no Senado Federal, em Brasília, uma Pauta Feminina para tratar da equidade de gênero e de raça. O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP esteve presente na  audiência pública, intitulada “Mulheres Negras, trilhando caminhos para a igualdade”, que contou com a presença de diversas autoridades políticas e de movimentos civis. Na ocasião foram expostos temas relacionados à violência contra a mulher, empoderamento feminino e respeito às mulheres negras. Faz parte da natureza do IBRAPP estar inserido em questões sociais, na defesa e inclusão de grupos que, na maioria das vezes, não tem seus interesses representados.

 

 

Presidido pela deputada Luciana Santos (PCdoB/PE), o evento contou também com a Associada do Programa Liderança e Participação Politica da Organização das Nações Unidas (ONU), Eunice Borges e com a Titular da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa e da Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher no Senado Federal, a parlamentar Regina Sousa.

Na ocasião foi amplamente discutido o papel da mulher negra na sociedade e o potencial feminino como agente multiplicador para a mudança de visão social, para que a mulher, sobretudo negra, não seja vista como minoria.

“A mulher (negra) precisa empoderar outra mulher, precisamos ocupar nossos espaços empoderando outras mulheres, não vamos conseguir sozinhas”, declarou a ativista do coletivo das mulheres com deficiência do Distrito Federal e participante da mesa, Agna Alves. 

O objetivo central do evento foi de valorizar e dar visibilidade as trabalhadoras negras que contribuem de forma importante para o desempenho da missão institucional do Senado Federal. Para o IBRAPP a ocasião foi oportuna para vislumbrar novas ações como as do projeto “Sonho de Menina, Realidade de Mulher”, que contribuem para a conscientização de jovens sobre a equidade de gênero.

Publicado em Notícias
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net