Terça, 09 Janeiro 2018 18:33

Hospital Frei Gabriel: Mortalidade infantil e materna é tema de palestra

Como forma de manter os profissionais sempre atualizados, membros da Comissão de óbito fetal e infantil do Hospital Frei Gabriel (HFG), passaram por um treinamento na manhã da última segunda-feira (8). A palestra foi ministrada pela enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Catarina Oliveira. O objetivo da ação foi informar sobre a atuação e o papel do Comitê Municipal de Prevenção a Mortalidade Materna em Frutal.

Os treinamentos contínuos em saúde fazem parte das diretrizes do SUS. Desde que assumiu a gestão do Hospital Frei Gabriel, o Instituto de Políticas Públicas – IBRAPP mantém um calendário rigoroso das capacitações, o que ajuda a aprimorar o atendimento à população. Mortes evitáveis, composição do comitê hospitalar, competências e conceitos dos comitês municipais foram alguns dos assuntos abordados nesta última palestra.

De acordo com a enfermeira, em 2017, foram registrados no município 17 óbitos, sendo 13 infantis e quatro fetais. Não houve caso de morte materna em que são investigadas mulheres em período fértil.“Por isso, é importante essa integração entre o Comitê Municipal e o HFG para a elaboração de medidas que diminuam esses índices”, enfatiza Ana Catarina.

Na ocasião, também compareceu a presidente do comitê hospitalar, Sônia Pedroso. Ela informou que para este ano já foi montado um cronograma de treinamentos com a equipe do HFG. O pedido para se intensificar as reuniões e treinamentos com os membros da comissão foi feito pelo IBRAPP, visando investigar e analisar óbitos fetais e infantis para prevenir a mortalidade infantil, em casos evitáveis. As capacitações serão trimestrais e serão ministradas por diversos profissionais de saúde.

Sobre o comitê:
Os Comitês de Prevenção de Mortalidade Materna, Infantil e Fetal visam identificar os óbitos maternos, fetais e infantis e apontar medidas de intervenção para a redução desses eventos. É um instrumento para avaliação das políticas públicas e das ações de assistência à saúde materna, infantil e fetal. Em 2013, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais retomou a implantação dos comitês como estratégia consolidada para a redução da mortalidade materna e infantil.

Calendário de atividades:
No dia 09 de abril a coordenadora municipal da saúde, Nice Helena Botelho falará sobre o comitê de prevenção fetal e infantil fluxo. Já no dia 23 de agosto, o enfrentamento do óbito será abordado pela psicóloga clínica Lalynne Melo. E no dia 10 de dezembro, a enfermeira do Centro de Testagem Anônima (CTA), Patrícia Varanda, realizará uma palestra sobre sífilis congênita.

Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net