Portuguese English Spanish

A saúde da pessoa idosa LGBT é uma temática pouco abordada no Brasil e não possui dados oficiais. Pensando nisso, foi promovido na última quarta-feira (6), na Câmara dos Deputados, o XV Seminário LGBT do Congresso Nacional, com coordenação geral do deputado Jean Wyllys (PSOL/RJ), a presença da senadora Lídice da Mata, representando o senado, e apoio de mais 13 parlamentares. O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP esteve presente no evento, que visa discutir questões nas esferas da saúde, da assistência social e psicológica, além de abordar questões sociais e culturais que afetam a faixa etária mais velha da população LGBT.


O Seminário composto por comissões e rodadas de debates carrega como título “O tempo de nossas vidas – Saúde, Bem-estar, Envelhecimento e Morte na Perspectiva da Comunidade LGBT”. O tema coincide também, com a declaração do ano de 2018, como o Ano de Valorização e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa, referente à Lei 13.646/18. O IBRAPP se engajou na conscientização através da campanha “A vida Continua”, que visa estimular uma nova perspectiva sobre a AIDS (HIV), com dicas de prevenção e acima de tudo trazer esperança à pessoas portadoras da doença.


Em atenção à saúde, já fragilizada, da população idosa LGBT, as discussões permearam a inserção de políticas públicas de saúde. Outro ponto bastante debatido foi a importância no recolhimento de dados específicos, que auxiliem no conhecimento das condições vividas por esse público foram abordadas como forma de nortear ações relacionadas ao bem estar destes idosos. A Câmara está preocupada com políticas públicas de forma eficaz, pois no entendimento da casa este público já não é mais minoria, uma vez que é uma população crescente e cada vez mais ocupa o seu lugar na sociedade.

Sobre o evento:

O XV Seminário LGBT do Congresso Nacional contou com o apoio dos deputados Erika Kokay (PT-DF), Danilo Cabral (PSB-PE), Glauber Braga (Psol-RJ), Alice Portugal (PCdoB-BA), Edmilson Rodrigues (Psol-PA), Luiz Couto (PT-PB), Janete Capiberibe (PSB-AP), Angelim (PT-AC), Luiza Erundina (Psol-SP), além dos senadores Lindbergh Farias (PT-RJ), Lídice da Matta (PSB-BA) e Marta Suplicy (MDB-SP) em conjunto com as comissões de Seguridade Social e Família, Legislação Participativa, Direitos Humanos e Minorias, de Cultura e de Educação (todas da Câmara dos Deputados), e de Assuntos Sociais e Direitos Humanos (do Senado Federal).
 

Publicado em Notícias

O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (IBRAPP) divulgou a campanha "A vida Continua". O objetivo é reforçar que a Aids é uma doença que tem prevenção e controle, mas que para isso é importante a realização de exames para diagnóstico e, se for o caso, fazer tratamento adequado.

Saiba mais

Publicado em Clipping

Em Frutal-MG, no decorrer deste mês serão desenvolvidas algumas ações em parceria com a Secretaria Municipal da saúde e com o (CTA) Centro de Testagem Anônima, como a distribuição de folder e preservativos nas Unidades Básicas de Saúde e repartições públicas e privada.

Saiba mais

Publicado em Clipping

Uma das campanhas que marcam o último mês do ano é “Dezembro Vermelho”. Organizações de saúde chamam a atenção para o aumento dos casos de HIV e AIDS entre os jovens, investem na mudança de comportamento e em outras formas de prevenção.

Saiba mais

Publicado em Clipping

Métodos preventivos, histórico de epidemias e os desafios de abordagem para os jovens sobre a AIDS e o HIV, foram os principais temas abordados durante a palestra deste sábado (2), na Sede do Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP, em São Luís. As explicações ficaram por conta do Coordenador municipal de IST/AIDS e hepatites virais, Wendell Alencar, que também participou do Projeto “A Vida Continua”, realizado pelo IBRAPP no Dia Mundial de Combate a AIDS. A palestra foi o encerramento da iniciativa realizada anualmente pelo Instituto.


Transmitido simultaneamente para todos os escritórios onde o IBRAPP possui representação, o evento teve início com os agradecimentos do coordenador de licitação, Amaury Andrade, a todos os Ibrappianos envolvidos no Projeto “A vida Continua”. Como um dos gestores da ação, Amaury destacou o grande número de preservativos distribuídos, no dia primeiro deste mês. Foram mais de 20 mil unidades, superando a marca de 15 mil prevista para o evento.

 
A campanha foi pensada com o apoio do setor de comunicação, que além do mote principal, também criou peças de divulgação externa para a conscientização do público. O esforço em conjunto também contou com a colaboração do setor de Segurança do Trabalho (SESMT). Ainda de acordo com o gestor a ideia principal do IBRAPP é mostrar que existe vida além do diagnóstico do vírus. “A vida não se encerra quando você descobre que é soropositivo. Você continua vivendo e continua sonhando”, finaliza Andrade.


Durante a palestra principal, Wendell Alencar destacou o contexto histórico das epidemias de AIDS no Brasil, falou ainda sobre as possíveis origens do vírus e como o cenário epidemiológico mudou ao longo dos anos. “segundo alguns estudiosos defendem que o HIV é milenar e o que vivemos na década de 80 foram devido aos avanços tecnológicos e descobertas. Teoricamente temos quase 40 anos de epidemia”, explica o Coordenador municipal de IST/AIDS.

Outra questão abordada foi a dificuldade encontrada atualmente para alcançar os jovens a respeito da prevenção contra o vírus e outras doenças sexualmente transmissíveis. Para Wendell o grande desafio é manter um diálogo com a nova geração. “Houve um distanciamento muito grande com os jovens de hoje, quando sentamos para conversar sobre qualquer temática ligada a AIDS não se estabelece um diálogo”, enfatiza Alencar e complementa “é preciso falar de um jovem para outro, para tentar atingir a esse público”.


A palestra finalizou com um momento de esclarecimento de dúvidas do público sobre as doenças sexualmente transmissíveis e as formas de prevenção. Políticas de contenção de danos e as iniciativas públicas também estiveram entre os temas discutidos. A iniciativa “A vida Continua” conta com o apoio de diversos órgão públicos e das secretarias de saúde nos estados onde o IBRAPP está presente e no Distrito Federal.

 

Publicado em Aconteceu no IBRAPP
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net