O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (IBRAPP) começou a realizar ações que foram firmadas no acordo com a Prefeitura de São Luís (MA). A melhoria na gestão hospitalar do Hospital da Criança é parte desse acordo e está acontecendo por meio do treinamento e capacitação dos colaboradores do hospital, além da implantação de políticas organizacionais que irão melhorar o atendimento. No dia 25 de junho, o IBRAPP realizou a doação de materiais que irão auxiliar no processo de informatização do atendimento hospitalar.

Na ocasião, o Gerente de gestão de saúde do IBRAPP, Jorivaldo Monteiro, participou da solenidade de entrega dos materiais e destacou a importância da informatização do atendimento. “Nós realizamos um diagnóstico na primeira visita ao hospital, e sentimos a necessidade quanto a questão do atendimento”, destacou. A entrega de computadores, TVs para o painel de chamada de senha, longarinas novas foram os principais itens que irão atender os colaboradores do hospital e humanizar o processo de acolhimento durante a recepção dos pacientes.

O Secretário de Saúde do Município, Lula Fylho, esteve presente durante a solenidade e destacou a atenção que o IBRAPP vem oferecendo ao hospital. “A doação como eu disse não é só um item, não é apenas um acessório, é algo fundamental! Isso irá dá uma nova cara para o acolhimento aqui no hospital”, enfatizou o Secretário.

O IBRAPP também irá acompanhar a implantação de um sistema de software para o funcionamento adequado dos equipamentos. O sistema irá auxiliar no atendimento cadastral, passando pela triagem até chegar ao atendimento médico, e ainda pode ser utilizado pelo laboratório e pela farmácia do hospital, levando mais transparência e agilidade na informação transmitida sobre o paciente.

Publicado em Notícias

Dentre os trabalhos de fortalecimento da gestão a serem desenvolvidos estão a consolidação da classificação de risco e a otimização dos recursos físicos e humanos na unidade de Saúde

Uma parceria firmada com o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas integra um conjunto de ações da gestão da Prefeitura de São Luís, com o intuito de melhorar o atendimento no sistema municipal de saúde. A partir do mês de junho, uma série de atividades para mapear, diagnosticar e melhorar a gestão de atendimentos no Hospital Dr. Odorico Amaral de Matos - Hospital da Criança serão implantadas pelo IBRAPP. 

Na última quarta-feira (22) um acordo de cooperação técnica com o IBRAPP foi assinado pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior e os representantes do Instituto. Dentre os trabalhos a serem desenvolvidos estão a melhoria da gestão com o fortalecimento da classificação de risco e a otimização de recursos físicos e humanos na unidade de Saúde. A proposta do IBRAPP com o trabalho consiste em observar a rotina da unidade de saúde e os processos de trabalho, para desenvolver melhorias visando um atendimento mais eficiente e humanizado ao maior Hospital infantil do município.

O acordo entre a Prefeitura e o Instituto, que possui mais de uma década de atuação no Maranhão e está presente em onze Estados e no Distrito Federal, consiste em cooperar com a Secretaria Municipal de Saúde de São Luís na promoção de novas técnicas para o atendimento de qualidade no Hospital da criança. De acordo como Diretor executivo do IBRAPP, Charles Mendes, o objetivo do Instituto é “colocar nossa expertise à disposição, com um trabalho que o Instituto já executa com sucesso em outras regiões do Brasil”, explica o diretor.

Ainda de acordo com o Charles Mendes, o contingenciamento de recursos para a saúde evidencia a necessidade de aperfeiçoar a aplicabilidade dos processos. “A gente precisa fazer mais com menos e a melhoria desses processos reflete positivamente no atendimento", finaliza. Para a diretora administrativa do Hospital da Criança, Iole Saraiva, a parceria com o IBRAPP é oportuna para a melhoria na qualidade de atendimento para a população infantil. “Hoje somos um hospital que realiza o maior atendimento de pediatria do município de São Luís, atendendo boa parte dos municípios do interior do Estado. Temos a certeza de que esta parceria vai ser um sucesso”, ressalta a diretora.

Na ocasião da assinatura desta parceria o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, bem como o secretário de saúde do município, Lula Fylho, falaram sobre o desafio de gerenciar serviços públicos de saúde, sobretudo com o contingenciamento de recursos federais e ressaltaram a necessidade e a importância deste acordo de cooperação para a oferta de atendimento digno e serviços cada vez mais qualificados.

Sobre o projeto no Hospital da Criança

A proposta do IBRAPP ainda prevê a capacitação e treinamento de profissionais do Hospital, mapear todas as etapas do atendimento, fortalecer a classificação de risco, otimizar a sinalização utilizada, entre outros aspectos gerenciais. A partir do desenvolvimento deste trabalho serão diagnosticados pontos de melhorias, que irão auxiliar no ordenamento do fluxo de pacientes, na produtividade da equipe, na redução de despesas e melhoria da qualidade de vida dos colaboradores, assim como maior satisfação no trabalho. O acordo tem duração de seis meses para execução e vai incrementar o trabalho que vem sendo desenvolvido pela gestão municipal no Hospital da Criança, reforçando o papel do mesmo na rede pública de saúde.

Sobre o IBRAPP

O Instituto Brasileiro de Políticas Públicas – IBRAPP é uma instituição do Terceiro Setor, com foco no desenvolvimento institucional do Setor Público, que há mais de uma década visa através de parcerias, contribuir para a melhoria constante da qualidade dos serviços executados pela administração pública.

Publicado em Notícias

A fim de trazer mais qualidade e mais conforto para a população de Frutal e região, o Hospital Frei Gabriel (HFG) passa por revitalização em diversas alas. A reforma que teve início no último dia 3 de abril e deve seguir até que sejam concluídas todas as alas, conta com a parceria de instituições locais que acreditam na seriedade do trabalho desenvolvido dentro do HFG, através da gestão compartilhada entre o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP e a Secretaria de Saúde do Município.

A reforma no Hospital Frei Gabriel teve início pelos consultórios do Pronto Socorro passando pelo setor de observação, recepção do ambulatório e setor de acolhimento ambulatorial. O setor de inalação também passou por melhorias e o espaço conta com um ambiente mais lúdico para o atendimento de adultos e crianças. De acordo com a administração do HFG mais de 6 mil pessoas passam pela unidade de saúde à procura de atendimento todos os meses.


O Centro Cirúrgico foi a dependência que precisou de uma atenção maior, devido a complexidade dos atendimentos realizados. “No decorrer das obras foi evidenciada a necessidade de reforma no centro cirúrgico, para atender as diretrizes da Vigilância, Sanitária, o que foi feito sem prejuízo nas atividades”, ressalta a gestora do IBRAPP, Silvana Alves.  Na última sexta-feira (3) foi protocolado ao Ministério Público de Frutal, através do Instituto, o ofício de número 0316/2019 para informar sobre a necessidade e o andamento da reforma.  

Ainda de acordo com Silvana, a administração do Hospital preferiu não divulgar a revitalização anteriormente na mídia, sobretudo no bloco cirúrgico, para evitar que a população deixasse, ou se precipitasse, ao procurar a unidade de saúde. “O nosso objetivo foi de que pacientes procurassem a unidade de saúde normalmente, para que a equipe de assistência os encaminhasse às cidades pactuadas para atendê-los” explica Silvana.


Para que fosse possível a reforma das instalações da ala de Cirurgia, sem prejuízo aos atendimentos prestados, foi preciso um trabalho em conjunto com os municípios de Conceição das Alagoas e Uberaba. Os procedimentos de extrema urgência, como pacientes politraumatizados, continuaram sendo atendidos no período das obras. Com as instalações reformadas os pacientes do HFG terão um atendimento ainda melhor no hospital referência da região.

Publicado em Notícias

Um dos grandes desafios enfrentado nos dias atuais pelas entidades e organizações de saúde é o combate ao tabagismo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que cerca de 100 milhões de mortes tenham sido causadas no último século pelo consumo desenfreado do tabaco e que apesar da nova geração saúde estar incentivando práticas saudáveis no dia a dia o tabagismo ainda é de grande preocupação para saúde mundial.

 O Diálogo de Saúde e Segurança (DSS) desenvolvido todas as sextas-feiras no Hospital Frei Gabriel (HFG), implantado pela gestão do IBRAPP na instituição,  trouxe na última edição, dia 12 de abril, uma palestra conscientizadora sobre os males do tabagismo. Segundo a Secretária da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) do HFG, Eliete Aparecida da Silva, “além de informar e orientar a DSS tratou de intensificar os riscos que o tabaco pode ter no organismo.” O DSS foi realizado pela atual comissão da CIPA, representada pela presidente, Elaine Araújo, e pelo vice-presidente, Rodrigo Oliveira.

Ainda segundo a OMS, apesar do cigarro possuir mais de 4 mil substâncias tóxicas a nicotina é uma das substâncias psicoativas que mais prejudica o organismo. Ela causa dependência e aumenta a liberação de catecolaminas, que trabalham na contração dos vasos sanguíneos, acelera os batimentos cardíacos o que causa a hipertensão arterial. Além disso, mais de 50 doenças podem ter relação com o tabagismo, entre elas o câncer de boca, de pulmão e de pele. Problemas de coração e derrame também estão na lista das mais causadas pelo uso do tabaco.

A atual administração do Hospital Frei Gabriel, realizada pelo IBRAPP, chama atenção para o tema de forma contínua. Em 2017, ao assumir a gestão compartilhada do Hospital, o Instituto colocou em vigor a proibição de fumar dentro das dependências do HFG, amparado pela Lei Antifumo nº 12.546/2011. Uma campanha interna desativou os fumódromos e levou conhecimento aos pacientes, acompanhantes e colaboradores da unidade de saúde.

Tratamento gratuito

O Sistema Único de Saúde oferece tratamento gratuito contra a dependência do tabaco, em Minas Gerais mais de 600 municípios foram atendidos pelo Programa Nacional de Controle ao Tabagismo. De acordo com a assistente de Recursos Humanos do HFG, Elaine Araújo, o município de Frutal tem hoje um médico em UBS específico para os que desejam   parar de fumar “basta apresentar interesse e agendar a primeira consulta”, explica. E juntos RH, gestão e SESMT realizam palestras periódicas para esclarecer a seus colaboradores sobre os riscos do tabagismo.  

Saiba os benefícios cardiovasculares adquiridos ao se parar de fumar:


•    Após 20 minutos sem fumar a pulsação e a pressão sanguínea irá voltar ao normal;
•    Após 2 horas sem fumar não há mais nicotina circulando em seu sangue;
•    Após 8 horas sem fumar o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
•    Após 3 semanas sem fumar será notado que sua respiração se torna mais fácil e a circulação melhora;
•    Após 1 ano sem fumar o risco de morte por infarto já se reduziu à metade;
•    Após 5 a 10 anos sem fumar o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram.

Publicado em Notícias

Buscando cuidar e prevenir danos que possam comprometer a saúde e o bem-estar dos colaboradores, o Hospital Frei Gabriel (HFG) desenvolveu, junto ao Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho – SESMT, um treinamento específico para seus colaboradores sobre segurança e utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para prevenção de acidentes e contaminações no ambiente de trabalho. A unidade de saúde é administrada pelo Instituto Brasileiro de Políticas Públicas - IBRAPP, que implementou rotinas de treinamentos e prevenção de acidentes, desde que assumiu a estão do hospital há mais de uma ano.

A norma reguladora – NR 32, que trata da Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde, estabelece normas e parâmetros de proteção, controle e eliminação dos riscos no ambiente hospitalar. O treinamento no HFG foi realizado pelo técnico de segurança do trabalho, Rogério Jonas da Silva, e pelo Enfermeiro coordenador do Núcleo de Segurança do Paciente, Wilson da Costa e Silva. Segundo ele, a responsabilidade e segurança hospitalar devem ser de grande preocupação e dever de todos. “No treinamento foi falada a importância da utilização correta dos EPI, e dos riscos que os colaboradores correm diante da não utilização dos equipamentos”, explica o enfermeiro sobre a abordagem da capacitação periódica.



As diversas ameaças que são encontradas pelos profissionais da área de saúde fazem com que o  descarte do material hospitalar seja realizado com maior cautela. Para manter este controle e os cuidados, tanto para os colaboradores, quanto para os pacientes atendidos pelo HFG, o IBRAPP mantém treinamentos contínuos com a equipe da instituição.

Wilson cita ainda que os riscos vem principalmente pela não utilização dos equipamentos. “são riscos ocupacionais ou de acidentes com material biológico, por isso que o treinamento é de suma importância para o colaborador”, enfatiza. Garantir que o profissional esteja com a vestimenta correta, utilizando os utensílios de manejo com o paciente descartáveis e esterilizados é uma prioridade na NR-32, supervisionada de forma rígida pela administração do Hospital Frei Gabriel.

O treinamento foi realizado nos setores de internação - posto 1 e 2, Central de Materiais de Esterilização, Pronto Socorro, a sala de medicamentos, setor de observação e no ambulatório. O treinamento além de ser obrigatório segundo a NR-32 foi solicitada por meio da gestão do HFG, através do IBRAPP, junto a observação realizada pelos setores do hospital.
 

Publicado em Notícias
Download Free Premium Joomla Templates • FREE High-quality Joomla! Designs BIGtheme.net